A utilização do Software GeoGebra no tratamento do teorema de tales - MsC Benjamim Ecolelo

Autor: Benjamim Ecolelo

(Dissertação de Mestrado)

RESUMO

Compreender como se desenvolve a actividade matemática dos alunos no decorrer do processo de ensino-aprendizagem do 2º teorema de Tales na unidade da Geometria apoiado em recursos informáticos é um propósito da tese. Levando em consideração a dificuldade de grande parte dos alunos no aprendizado da Matemática, em especial da Geometria, acreditamos que a utilização do Geogebra desde uma perspectiva construtivista pode contribuir para o processo de ensino – aprendizagem do 2º teorema de tales em Geometria, dado que, actualmente, os alunos estão cada vez mais conectados às tecnologias e as usam, constantemente. Sendo a Geometria um ponto de encontro entre a Matemática como teoria e como um recurso, ela é um caminho para desenvolver o pensamento e a compreensão para alcançar o nível mais alto de uma teoria formal. De forma a tornar mais claro o objectivo da tese, foram elaboradas cinco tarefas que orientaram toda a investigação. Assim, destacam – se a descrição dos processos parciais no tratamento metodológico de teoremas, a caracterização do GeoGebra software livre para o tratamento da Geometria, o construtivismo como base da aprendizagem dos teoremas matemáticos, onde os alunos constroem o seu próprio conhecimento com ajuda do professor. Este é um estudo que se enquadra no paradigma interpretativo, seguindo uma abordagem qualitativa. Tomou-se como opção a realização de um único estudo com os alunos da 9ª classe da escola 4 de Abril do kuito – Bié, em 3 turmas e 3 períodos com faixas etárias desde os 14 aos 56 anos. Estes elementos serviram de base para a elaboração da tese onde não se perde de vista a utilização de materiais manipuláveis, reforçando-os com a utilização de meios informáticos, melhorando assim o aspecto visual e desenvolvendo habilidades no trabalho com esses recursos informáticos. Em conclusões desta investigação notou-se que os alunos investigaram triângulos diferentes inscritos numa circunferência e foram capazes não só de discriminar as características destas figuras, como também, reconhecê-las visualmente, determinando a amplitude de seus ângulos de acordo com uma classificação geométrica criada por si.

Palavras–Chaves: GeoGebra, Tratamento metodológico, Teorema, Perspectiva construtivista.